Como manter a pele linda no inverno

Com a chegada do frio, dá para – finalmente! – tirar do armário casacos, echarpes, botas e outros acessórios para desfilar por aí… Mas nenhum look vai salvar o dia se você descuidar da pele! Além da queda de temperatura, nessa época cai também a umidade do ar, o que tende a deixá-la áspera e com linhas de expressão e rugas mais evidentes. Para piorar, a gente também bebe menos água no período, comprometendo a hidratação não só da pele, como do resto do corpo. Veja alguns cuidados, então, para ficar linda por toda a estação.

Por ficarem mais expostos, rosto, lábios e mãos são as áreas que mais sofrem com o frio. Daí a importância de mantê-las sempre hidratadas. Mas se você estiver grávida, atenção, antes de usar o primeiro produto que encontrar no nécessaire, dê uma lida na composição, pois alguns deles são prejudiciais ao bebê. Para o rosto, produtos com ácidos retinóico e glicólico (com concentração superior a 10%), por exemplo, devem ser evitados. O mesmo vale para o ácido salicílico. No caso do hidratante corporal, fuja dos com ureia acima de 3%.

Os lábios, como disse, também merecem cuidado extra durante o inverno. Para evitar o ressecamento, fissuras ou rachaduras, aplique – e reaplique várias vezes ao dia – um hidratante labial com FPS. E, para finalizar os cuidados com a face, não se esqueça do protetor solar com fator de proteção no mínimo 30.

Também “vitimas” das baixas temperaturas, mãos e pés pedem uma hidratação reforçada para que não ressequem ou até mesmo descamem. Invista em produtos com óleos vegetais, como amêndoas doces, macadâmia e semente de uva. E evite aqueles com cânfora, que pode ser tóxica.

Se é adepta dos banhos longos e superquentes no frio, melhor maneirar. O ideal é manter sua temperatura em 24oC. Do contrário, você vai facilitar a remoção do manto hidrolipídico da pele (estrutura que tem a função de  protegê-la das agressões externas e mantê-la levemente hidratada).

A boa notícia é que os tratamentos estéticos faciais, como lasers e peelings, costumam fazer sucesso no inverno. Isso porque eles são contra-indicados em períodos de radiação ultravioleta forte, como no verão. Além disso, não devem ser feitos quando a pele está bronzeada e, após o procedimento, é preciso evitar a exposição solar por conta do risco de manchas e irritações.

Fonte: http://itmae.uol.com.br/

No Comments Yet.

Leave a comment